Relembrando: Razão

Razão
Imagem da internet

Quando de manhã o seu despertador sinaliza que é chegada a hora de colocar os pés no chão e encarar mais uma vez o dia recém-nascido, o que te faz seguir em frente? A razão que te move é a mesma razão que move os sonhos que você guarda?
A vida que você leva na prática é a vida que você leva na teoria?
Pode ser muito atrevimento essa onda de perguntas porque provavelmente as minhas respostas também não são compatíveis…
E qual a razão para que não sejam?
O que nos impede de viver de acordo com o que pensamos para nós?
Eu pergunto, porque me pergunto e, no tumulto, as respostas ficam camufladas. No tumulto às vezes não dá nem pra pensar…
Mas qual a razão de viver uma vida onde não se consegue nem pensar sobre os motivos que nos fazer seguir?
Se seguimos sem motivos, seguimos sem razão… E se nos negamos a razão, por que seguir?

Raquel Núbia

DIA #25 – 30 DAY CELEBRATION

25

Para Rafael:

“Sei que nunca vou conseguir te olhar direto nos olhos e dizer o tamanho do amor que sinto por você, pois há uma timidez que desconcerta escondida atrás de um mundo inteiro de admiração que me acanha por sempre me sentir perto de você como aquela criança chata que insistia em atrapalhar seu vídeo game com seus amigos.
Acho que é assim que me sinto mesmo em relação a você, pequena.
Aos meus olhos você é grande!
Um gigante fonte de inspiração e gratidão eterna!
Eu simplesmente não sei explicar o quanto amo você.
De todas as pessoas no mundo e de toda a família que tanto amo, você é meu calcanhar de Aquiles porque me invade uma emoção incontida quando o assunto é você. Emoção tão sentida que até mesmo agora, enquanto escrevo e olho essa foto, marejam meus olhos por lembrar tudo o que você fez por mim e todos os gestos grandes e pequenos que cravam nossa relação em pedra.
Se para responder a esse item, preciso citar alguém que tenha me feito feliz, você não serve. Porque você me fez e me faz feliz por uma vida toda, em tudo e sempre.
Com toda a sinceridade que eu posso trazer, não consigo me lembrar de nenhuma vez em que você tenha me deixado triste ou que tenha me decepcionado, muito pelo contrário. Você me faz feliz sem precisar fazer nada.
Você me faz feliz por ser quem é do jeito que é.
Você me faz feliz por ser motivo de orgulho extremo dos nossos pais.
Você me faz feliz por ser você.
Te amo por toda uma vida e certamente te amaria por muitas outras se as tivesse.”
Raquel

gh
Foto: Gaga – Cabo Frio/RJ

 

Pra hoje

Então me desculpe se eu não sei ser assim, como você.
Aprendi faz um tempo que a felicidade se esconde entre uma tristeza e outra e que os sorrisos verdadeiros costumam aparecer entre lágrimas teimosas. No final das contas só a gente sabe o tamanho dos pesos e das conquistas e às vezes fica complicado enxergar a nós mesmos com os olhos dos outros e tentar entender o que esse outro vê quando, na realidade, nem a gente sabe direito o que é e o que sente.

Então, não preciso pedir desculpas por não ser assim, como você. Não preciso me desculpar por ser como sou, nem preciso que você me desculpe.
Não preciso sequer que me aceite.
São tantos os momentos num só dia em que nem eu mesmo sei me acolher…
Se te faz feliz, faça de mim o que precisar para seguir em frente e, caso não precise, apenas me deixe continuar meu caminho.

img_3312
Raquel Núbia. Foto: Leandro Oliveira – Alto Caparaó/MG

Raquel Núbia