Eu não choro mais

Eu não choro mais.
Desaprendi a chorar.
Hoje recolho dentro do peito
O que os olhos costumavam derramar.

Eu não choro mais.
Aprendi a transformar.
Hoje liberto em palavras
O que costumava me aprisionar.

Eu não choro mais.
Desaprendi a me mostrar.
Hoje transpareço em nitidez
O que costumava me derrotar.

Eu não choro mais.
Mesmo em sentimento intenso,
Nenhuma lágrima me traz,
só porque:
eu não choro mais.

Raquel Núbia

IMG_20170616_140902
Raquel Núbia. Foto: Leandro Oliveira – Tiradentes/MG

 

Anúncios

Ciclo

 

A vida é feito de ciclos.
Nada dura para sempre, pois tudo se transforma.
O que era bom pode ficar ainda melhor.
O que era ruim pode piorar ou melhorar, por que não?
Os sentimentos mudam, e se não mudam os sentimentos, o que pode mudar é a forma de sentir.
Seja o que ou quem for o objeto da mudança que traz o encerramento de um ciclo, é necessário desapegar para que outras coisas e pessoas possam chegar…

Deixe ir.

IMG_20170108_135740305_HDR.jpg
Foto: Leandro Oliveira / Petrópolis – RJ

Raquel Núbia

Nem sei

Amedronta sentir o arrepio da dor que massacra o peito quase impedindo por completo de respirar… Amedronta o encontro com esse sentimento já conhecido e antes saudoso por tanto tempo longe. Não há como elaborar uma razão, não há como apenas pensar.
Esta sensação sufoca e as forças se perdem, não há mais pelo que lutar, todas as horas vividas foram transformadas em segundos de pó, colocados em um caixa velha e trancafiados numa gaveta escura de um armário qualquer, de onde nunca mais vão ser retiradas.
Há vergonha no caminho.
E não há como saber no que e em quem acreditar, toda a confiança se foi e agora não há um caminho a seguir… O que existe é cansaço, e ainda será assim quando tudo acabar. São tantas as palavras que não há como selecionar em qual acreditar, não há nem como saber se deve-se acreditar em alguma.
Afinal como identificar as mentiras, das verdades que se quer ouvir?

nem sei

Raquel Núbia