Dejavu

Hoje acordei com cara e gosto de ontem…
Sabe quando parece que o dia guarda um monte de coisa, mas na verdade essas coisas todas já aconteceram lá no passado? Uma viagem, um passeio, qualquer atividade… Não sei explicar direito, mas estou com essa sensação desde ontem a tardinha e hoje ela permaneceu.
Não sei se é o fato do sol estar entrando frio pela varanda da sala, com esse ventinho que lembra a gente que apesar do céu azul, o que domina é o tempo frio e tempo frio já sabe, né?
Dias claros me transportam, pequenos momentos me transportam… Conversas…
Realmente creio que não estou sabendo me fazer entender, mas precisava dizer, depois de meses sem escrever por aqui (e em qualquer outro lugar), hoje até essa vontade apareceu latente.
Enfim.
Acho que é comum esse tipo de sentimento. Não chega a ser uma nostalgia, é apenas como se o dia estivesse se repetindo, mas não está. É como se você acordasse em um dia do passado, com as mesmas características de outra época que você viveu, só que ao invés de fazer o que você fazia, você fará novas coisas, bem diferentes do que te trouxe a memória.
A vida passa. Muita coisa muda. As pessoas seguem seus caminhos de acordo com suas prioridades e não é preciso se comparar para saber se está bem ou satisfeito com o que se tem, pois cada um busca aquilo que acredita ser melhor para si e nem sempre esses interesses colidem entre as pessoas. Talvez por isso mudamos nossas companhias e quem queremos do nosso lado, pois buscamos aqueles que compartilham dos nossos desejos e nos ajudam a alcançá-los.
O dia pode ter acordado com sensação de passado, mas é o presente e o futuro que me guarda os maiores e melhores dias.

Raquel Núbia

IMG_20170615_122816.jpg
Foto. Raquel Núbia. Tiradentes/MG
Anúncios

Relembrando: Promissão

Muito satisfatório olhar para trás e ver que conseguimos cumprir com o que havíamos proposto para nós mesmos. Ás vezes, estamos tão submersos em nossos conflitos, que fica difícil alcançar a superfície para respirar. Mas a tempestade sempre passa, conseguimos nadar no nosso ritmo e, após chegarmos na costa, podemos enfim olhar o que superamos e enxergar no lugar de ondas turbulentas, apenas uma linda paisagem.
Quer firmar esse compromisso com você mesmo hoje?

“Eu proponho uma vida nova.
Uma vida em que nós não sejamos dependentes de uma imagem ou de uma atualização, em que nós não sejamos compelidos a tomar notícia do que prende nosso peito e descompensa nosso coração e em que nós não desejemos ver no outro a justiça que não cabe a nós.
Eu proponho uma vida nova.
Uma vida em que nós… clique aqui para continuar lendo.”

Raquel Núbia

Promissão

Dia #23 – 30 DAY BLOG CHALLENGE

23

Não acho que necessariamente tenha mudado muito, mas as mudanças que ocorreram foram grandes mudanças mais relacionadas ao meu amadurecimento pessoal.
Em 2015 sim ocorreu uma mudança drástica que impactou nos meses seguintes e em vários aspectos da minha vida implicando em pequenas mudanças:

2015: Depois de quase 6 anos eu voltei a morar com a minha mãe por um mês.
2016: Fui morar sozinha. Iniciei um novo relacionamento. Mudei meu círculo de amizades quase que totalmente. Mudei radicalmente minha forma de me relacionar com determinadas pessoas. Iniciei um novo emprego (junto ao que eu já tinha). Por opção, saí desse novo emprego após 6 meses. Comecei a produção do meu livro. Mudei a forma de administração do Verba Volant.
2017: Iniciei novos projetos de trabalho na área da Psicologia ❤ Iniciei um planejamento com meu namorado para desenvolvimento de alguns projetos pessoais importantes ❤ Estou finalizando a produção do meu livro com previsão de lançamento para daqui poucos meses.

Basicamente.
Nesse tópico fica difícil contar sem expor e esse não é o intuito do desafio, não é?
Tenho certa dificuldade com alguns tipos de mudança mas em relação à mudanças que me levam a me desenvolver e melhorar sinto que tenho tido menos limitações. Já faz bem tempo que aprendi que depois que a gente vive situações intensa (para o bom ou para o ruim), precisamos repensar, elaborar, pegar o aprendizado e seguir em frente, deixando no passado o que não nos serve mais no presente.

Imagem1
Foto: Raquel Núbia – 2015/2017 😛

Abraços,

Raquel Núbia

Ciclo

 

A vida é feito de ciclos.
Nada dura para sempre, pois tudo se transforma.
O que era bom pode ficar ainda melhor.
O que era ruim pode piorar ou melhorar, por que não?
Os sentimentos mudam, e se não mudam os sentimentos, o que pode mudar é a forma de sentir.
Seja o que ou quem for o objeto da mudança que traz o encerramento de um ciclo, é necessário desapegar para que outras coisas e pessoas possam chegar…

Deixe ir.

IMG_20170108_135740305_HDR.jpg
Foto: Leandro Oliveira / Petrópolis – RJ

Raquel Núbia

O universo conspira

 

universo
Foto encontrada na internet

Em alguns momentos da vida o que era familiar se torna tão estranho e fora de ordem, e o que era certo e seguro se transforma no motivo principal de se perder o sono e trocar os sonhos por pesadelos.
De repente os rostos familiares já não dizem muita coisa e ao andar entre as pessoas, os pés não tocam o chão e o abrir e fechar de cada porta apresenta um novo caminho antes despercebido.
As palavras soam mais vazias, e quando trazem alguma emoção despertam pensamentos em cadeia, como uma engrenagem que, em efeito dominó, iniciam um turbilhão.
Assim, sentir fica mais difícil e mais difícil também fica saber o que se está sentindo e nessa dificuldade, não se sente nem o certo nem o errado.
Na busca por uma completude, recorre-se à poetas e escritores que possam representar com suas palavras o que não se consegue traduzir de forma alguma… Um deles me disse que “quando você quer alguma coisa, todo o Universo conspira para que você realize seu desejo”.
Bom, talvez o universo esteja ocupado demais…

Raquel Núbia
(Frase do escritor Paulo Coelho)