Lembranças

Engraçado como nos lembramos de repente de algumas coisas e de algumas pessoas… Coisas e pessoas que às vezes guardamos tão bem guardadas que esquecemos onde colocamos e que quando menos esperamos, encontramos em algum canto empoeirado da memória.
De repente temos aquela sensação de “é mesmo! Como é que não me lembrava disso…” e nos deixamos transportar por alguns momentos de alegria, saudade ou tristeza.
Engraçado como guardamos cada pedacinho de história em uma gavetinha e às vezes jogamos a chave fora e mesmo assim ela insiste em abrir quando esbarramos de leve nela, sem querer…

Lembranças
De repente nos damos conta de que as pessoas que faziam parte essencial de nossas vidas, agora são só pessoas que costumávamos conhecer e essa sensação perturba, desconcerta e, algumas vezes, deixa triste.

Raquel Núbia

A falta

dreamcatcher-Favim.com-4531697
Imagem: favim.com

Tenho mil poesias prontas guardadas num gaveta.
Tenho mil boas ideias, guardadas na minha cabeça.
Tenho mil planos feitos, aguardando para realizar.
Tenho destinos marcados num mapa, prontos para explorar.

Tenho arte e criatividade ao alcance das mãos.
Tenho voz e melodia para qualquer canção.
Tenho caminhos abertos para ir e vir.
Tenho uma estrada pronta para poder seguir.

Guardo fotos de momentos que nunca vivi.
Guardo sentimentos que nunca senti.
Guardo ideias e destinos quem sabe para outro dia.
Faço o mesmo com os planos caminhos e poesias.

Mas me falta uma coisa que há um tempo perdi.
Por ser acostumada sequer percebi.
Essa falta que vem do passado do presente.
E que causa um desamor que só sabe quem sente.

Raquel Núbia