Luminoso

Sou tão jovem e nada sei,
Mas sei que guardo em mim
um amor imensurável,
um amor sem fim.

Te olho nos olhos e vejo
a imensidão em um ser tão pequeno.
Que é grande no que faz sentir,
que é tormenta e que é sereno.

Um pedaço de mim que vive.
Que respira e bate coração.
A obra perfeita do Pai
que pedi em oração.

De tudo que eu não conheço,
e das coisas que um dia eu vi,
é o amor mais absoluto
que transborda do peito a sorrir.

Sou tão jovem e pouco sei,
mas sei que tenho em você,
um amor inabalável,
um amor que jamais vai morrer.

Raquel Núbia

IMG_5844.JPG
Foto: Raquel Núbia

Relembrando: Vamos falar sobre o amor?

vamos falar sobre o amor

Vamos falar sobre o amor?

Quando a gente vai falar de amor recorre a vários clichês e, por estar amando, a gente nem se importa de cair nessa armadilha.
Entre tantas formas de amar e tantos tipos de romance, fica difícil acreditar no certo e no errado, pois o sentimento verdadeiro é infinito por si só e na sua imensidão o livro de “regras” pode não ter fim.
E para que ama, pouca coisa importa quando se refere ao sentir. Quando se está preenchido dessa forma, gozando da completude de uma companhia desejada e que também te deseja, tudo mais é alheio.
Seja qual a forma de demonstração, intensidade… Seja qual for o tempo passado… O amor reserva para si o direito de ser enorme mesmo quando pequeno, de ser delicado mesmo quando forte, de ser pra sempre mesmo quando efêmero.
“Que seja eterno enquanto dure”?
Que dure enquanto for amor.”

Raquel Núbia

DIA #25 – 30 DAY CELEBRATION

25

Para Rafael:

“Sei que nunca vou conseguir te olhar direto nos olhos e dizer o tamanho do amor que sinto por você, pois há uma timidez que desconcerta escondida atrás de um mundo inteiro de admiração que me acanha por sempre me sentir perto de você como aquela criança chata que insistia em atrapalhar seu vídeo game com seus amigos.
Acho que é assim que me sinto mesmo em relação a você, pequena.
Aos meus olhos você é grande!
Um gigante fonte de inspiração e gratidão eterna!
Eu simplesmente não sei explicar o quanto amo você.
De todas as pessoas no mundo e de toda a família que tanto amo, você é meu calcanhar de Aquiles porque me invade uma emoção incontida quando o assunto é você. Emoção tão sentida que até mesmo agora, enquanto escrevo e olho essa foto, marejam meus olhos por lembrar tudo o que você fez por mim e todos os gestos grandes e pequenos que cravam nossa relação em pedra.
Se para responder a esse item, preciso citar alguém que tenha me feito feliz, você não serve. Porque você me fez e me faz feliz por uma vida toda, em tudo e sempre.
Com toda a sinceridade que eu posso trazer, não consigo me lembrar de nenhuma vez em que você tenha me deixado triste ou que tenha me decepcionado, muito pelo contrário. Você me faz feliz sem precisar fazer nada.
Você me faz feliz por ser quem é do jeito que é.
Você me faz feliz por ser motivo de orgulho extremo dos nossos pais.
Você me faz feliz por ser você.
Te amo por toda uma vida e certamente te amaria por muitas outras se as tivesse.”
Raquel

gh
Foto: Gaga – Cabo Frio/RJ