Ressentido

Sabe o que machuca mesmo?
Sorrir querendo chorar.
Ouvir querendo falar.
Usar ponto de exclamação quando o coração quer usar o ponto final.
O que machuca mesmo é guardar a tristeza no bolso e ouvir os lamentos do outro quando são esses lamentos que estão machucando…
Machuca mesmo é acordar de madrugada e não conseguir mais dormir pensando em possibilidades que estão fora de controle.
O que machuca é o sentimento de que, não importa o quanto você seja boa, presente, incrível e perfeita, nunca será o suficiente, porque sempre haverá alguém melhor do que você.

Raquel Núbia

PICT0015 (4)
Foto: Raquel Núbia

Eu não choro mais

Eu não choro mais.
Desaprendi a chorar.
Hoje recolho dentro do peito
O que os olhos costumavam derramar.

Eu não choro mais.
Aprendi a transformar.
Hoje liberto em palavras
O que costumava me aprisionar.

Eu não choro mais.
Desaprendi a me mostrar.
Hoje transpareço em nitidez
O que costumava me derrotar.

Eu não choro mais.
Mesmo em sentimento intenso,
Nenhuma lágrima me traz,
só porque:
eu não choro mais.

Raquel Núbia

IMG_20170616_140902
Raquel Núbia. Foto: Leandro Oliveira – Tiradentes/MG

 

DIA #27 – 30 DAY CELEBRATION

27

Tentando ser sucinta na resposta, vamos lá:
– Algo que me chateia:
Gente hipócrita. Aquela pessoa que demonstra uma coisa mas pensa ou sente outra. Isso me chateia em váris sentidos, principalmente quando a pessoa se “faz de santa” ou de vítima.
– Algo que me faz feliz:
Estar com pessoas queridas, comendo coisas gostosas, tomando uma cervejinha e jogando conversa fora. Em qualquer lugar, a qualquer hora, de qualquer jeito. Qualquer ambiente com quem a gente gosta e com gente que gosta da gente por perto, é sempre o melhor.
– Algo que me faz chorar:
Crueldade com animais.
Não leio notícias, não vejo vídeos e imagens que falem sobre isso, porque realmente mexe muito comigo. Apesar de não ser vegetariana, me mobilizo pela causa animal no que consigo, que é não utilizando produtos que são testados em animais (exceto vacinas), sejam alimentos, acessórios e principalmente maquiagem.

Abraço,
Raquel Núbia

AltoCaparaó(16)
Raquel Núbia. Foto: Alto Caparaó/MG

 

Menina

Menina

Menina pequena,
Tão grande, serena,
Escute o meu falar.

Segue em frente,
O caminho presente.
Mas vigie seu caminhar.

Menina doce,
Tão forte, aí se fosse!
Não se deixe chorar.

E se chora,
Deixe passar a hora
Até se aquietar.

Menina, escuta:
Te pertence essa luta
E não a outro alguém.

Então pronto,
Recolhe teu pranto,
E não conte a ninguém.

Menina inocente,
Toma o que sente
E leve com você.

Não delegue
Aquele que te segue
O teu sofrer.

Menina, entenda
Por mais que outro compreenda,
Não lhe divida tua dor.

Jamais entenderão,
O que o teu coração
Guarda por amor.

Menina, desista
Não espere, nem insista
O outro vai ser capaz.

O socorro não virá,
A decepção se instalará,
Tanto fez, tanto faz.

Menina, encerro
Esse apelo sincero
De quem não te quer mais sofrer.

Segue a vida calada,
No peito a rosa cravada,
Que dia a dia ensina…

A viver só,
Menina…

Raquel Núbia

Hoje conversando sobre algumas coisas com um amigo, senti um pequeno nó se formando na minha garganta.
Aquela vontade de chorar que vem quando a gente não espera e que faz com que encerremos imediatamente nossos pensamentos porque, se não o fizermos, o nó não ficará somente na garganta e inevitavelmente se transformará em lágrimas indesejadas…
Sei que essa vontade veio porque me deparei com a obrigação de fazer algo que me agrada e desagrada na mesma quantidade, por realizar que as coisas não são nada como deveriam ser e não serão, por saber que não importa o quanto façamos, algumas pessoas simplesmente não nos veem como pessoas boas e inventam para si uma imagem baseada em sua própria criatividade e não fatos por mais claros que eles sejam.
Esse nó veio para mascarar uma saudade… Saudade de coisas que nem sequer aconteceram, mas principalmente de sonhar com elas, em como seriam… E por perceber que não se pode ter tudo o que se deseja porque, para alcançar alguma coisa, outra tem que ser deixada para trás.
Então é melhor para de pensar e simplesmente viver… Afinal os desejos que não se realizaram já estão no passado e suas consequência bem vivas no presente e o que resta é tentar focar no novo e sonhar com o que ainda virá…

alone-beautiful-black-blond-Favim.jpg

06/12/2012
Raquel Núbia

Pode-se dizer

flowers-hipster-polaroid-retro-Favim.com-2042306
Imagem: favim.com

Pode-se dizer que sou um tanto ansiosa,
e por vezes um tanto detalhista…
Que sou um tanto quanto calma
e um outro tanto pessimista.
Na minha opinião,
se é pra fazer é para agora.
Mas, pode-se dizer que eu faço tudo à minha hora.
Lado oposto, lado errado,
quase nunca tenho lado.
Se é pra ficar eu quero ir,
se é pra ir eu fico aqui.
Se é pra rir eu vou chorar,
se é pra chorar: deixa pra lá.
Pode-se dizer que minha cara é fechada
e um tanto quanto chata,
eu confesso.
Mas meu real jeito de ser
só poderá conhecer
quem ao meu lado sem censura tem acesso…

Raquel Núbia