Maria

Meu amor tão pequenino
Me deixou ainda agora.
Levou de mim um pedaço,
Logo quando foi embora.

Meu amor tão adorado
Não se encontra mais comigo.
Foi do jeito que eu sabia.
Foi morar em outro abrigo.

Meu amor de tanto tempo,
Que tanto me fez feliz.
Hoje me deixou saudade,
De um jeito que eu nunca quis.

Meu amor do coração
Já não me espera na entrada.
Foi preencher outro lar,
E fez vazia minha morada.

Meu amor, eterno amor…
Que de lembrar me faz sorrir.
E que me ensinou que amar,
Às vezes, é deixar partir.
11782523_712256685547452_7536454576466618105_o (1)
Raquel Núbia

Prato do dia

Olha esse gosto de felicidade
Que adentrou com tudo o meu paladar,
Desceu pela garganta
E se espalhou pelo corpo todo…
Nutrição melhor não há
Sustenta qualquer ser humano
Que saiba ser humano.
Felicidade de um
Motivo do amor do outro
Que se derrama no sorriso bobo
Que vem sem motivo
E qual motivo se precisa para ser feliz?
A felicidade é o motivo!
Ela me alimenta
É o prato principal
Do qual compartilho com quem mais estiver sentado à mesa.
E para aqueles que se levantaram… Ah, não tem problema… Outro dia vai chegar…
Enquanto eu vou servindo ao outro o que me mantém de pé… Tudo bem, não é por obrigação…
Tenho um estoque de felicidade… Que nunca vai faltar. E coloco à disposição de quem quiser, está servido!
Felicidade a vontade.
images (3)
Raquel Núbia

Anseio

Ah…
Não é só vontade da gente…
é desejo de sentir seu corpo quente,
e o perfume da sua pele inebriar…

Não é só desejo carnal,
é necessidade, é anseio vital,
dentro de você me perder, me encontrar.

Ah…
Não é só vontade ver você sorrindo
enquanto sente aos poucos a força se esvaindo
e tem a certeza de que é por você…

É a tranquilidade de me dar sem fingir,
de ser tudo o que quero sem me trair,
atender seus desejos em tom natural.

Não é só carência de corpo e prazer,
é necessidade de amar você,
ser inteira sua em entrega total.

dfg
Imagem: favim.com

Raquel Núbia